quarta-feira, 8 de junho de 2011

“Sol de Setembro”

Quando entrar Setembro,
O sol banhara as janelas
Em todas as manhas, sei
Que voltaras, a vida terá

Mais cor, tem você a me
Fitar, as agruras irão me
Deixar, em torno aos rios
Vou dedilhar as flores, há!

Sol de Setembro, aquece
Este meu coração, me traz
De volta a alegria dos dias
Em que me fartei de amores.

Um comentário:

  1. eliane denise panosso11 de novembro de 2011 18:03

    O Sol é o amor.Aquece nossa alma,invade nosso ser,dá energia ao nosso coração.

    ResponderExcluir

Agradeço por iluminar este espaço como um Dia de Verão!